Aprenda Como Fazer Adubo Caseiro Fácil

No guia a seguir, trazemos algumas opções fáceis para qualquer um fazer seu adubo caseiro, não importa se você mora em uma fazenda, casa ou em apartamento. Entenda como funciona a química e veja receitas que você pode fazer na sua casa.

A ciência por trás do processo

A matéria orgânica (restos de comida) é decomposta por micro-organismos (bactérias, fungos) em uma substância mais simples (solo). Os micro-organismos, com a ajuda de vermes e outros habitantes benéficos da terra, consomem resíduos orgânicos e excretam nutrientes que as plantas precisam para crescer (nitrogênio, fósforo e magnésio).

Quando fazemos um adubo caseiro, precisamos fabricar um ambiente ideal para os micro-organismos prosperarem (oxigênio, temperaturas quentes e nutrientes). Então esses microrganismos farão todo o trabalho de desintegrar nosso lixo para nós!

Fazendo seu adubo caseiro para as plantas

Não se preocupe pois o processo é muito simples. Tudo o que você precisa fazer é encontrar um recipiente para o seu adubo (uma lixeira, um balde, um buraco ou até mesmo uma pilha) e fornecer um equilíbrio de material verde e marrom no seu composto.

Leia Agora:  Como deve ser o armazenamento do lixo

Verdes (material rico em nitrogênio) – Restos de comida, pó de café, casca de ovo, casca de legumes.

Marrons (material rico em carbono) – Folhas, plantas secas, palitos, palha, feno, galhos, serragem, lascas de madeira, jornais.

Geralmente, recomenda-se colocar 3 ou 4 partes de marrom em uma parte de verde. Nos termos do leigo, se você jogar um punhado de pedaços de casca de legumes, cubra-o com 3 punhados de folhas. Simples assim!




O processo para fazer adubo em casa:

  1. Coloque casca de legumes e restos de comida no balde de compostagem.
  2. Jogue folhas, serragem ou aparas de jornal por cima.
  3. De vez em quando vire a pilha e adicione um pouco de água.
  4. Quando estiver com aparência de terra escura, espalhe em seu jardim.

Não desperdice as sobras da sua cozinha e use para fazer seu próprio composto. O adubo libera nutrientes lentamente, o que significa que uma horta bem adubada pode durar um ano ou dois sem exigir a reaplicação do fertilizante. O composto também ajuda o solo a reter a umidade, essencial para que as plantas prosperem durante os verões quentes e secos.

Eu não tenho espaço! Moro em um apartamento

Independentemente de você morar em uma fazenda ou em um prédio, existem maneiras de fazer adubo em qualquer lugar. Pode demorar um pouco mais para adubar em um ambiente urbano, mas não muito. Existem vários métodos que podem ser facilmente utilizados para compostagem em espaço pequeno.

Construa uma caixa de compostagem para ambientes internos:

balde para fazer adubo caseiro

  • Pegue um recipiente grande e faça alguns furos para arejar na parte inferior e superior.
  • Coloque algo por baixo para pegar a água que escorrer.
  • Coloque alguns centímetros de terra e adicione um jornal picado.
  • Adicione os restos de comida à medida que o acumula e cubra com jornal e uma xícara de terra cada vez.
  • Adicione algumas gotas de água ocasionalmente, se parecer seca, e vire-a uma vez por semana.

Como fazer adubo líquido

Arroz e batatas podem não ser os primeiros alimentos que você pensaria para fazer adubo caseiro, mas a água que você usa para lavá-los e cozinhá-los funciona muito bem. Isso ocorre porque ele pode criar bactérias do ácido lático, que melhoram significativamente a saúde do solo.

Essas bactérias decompõe qualquer matéria orgânica e reduzindo qualquer chance de patógenos indesejados associados ao material em decomposição. Além disso, também removerá odores desagradáveis ​​associados à compostagem e esterco.

Leite + Água de Amido Fermentado = Bactérias do Ácido Láctico

Essa água rica em amido permitirá o crescimento de bactérias. O leite será usado para isolar as bactérias necessárias para que possamos fazer o melhor adubo possível, enquanto as bactérias indesejadas morrerão.

Materiais necessários:

  • Equipamento de proteção pessoal
  • Frascos de vidro com tampas
  • Arroz ou batatas
  • Água
  • Leite
  • Álcool isopropílico ou Vinagre
  • Roupas de algodão / fronhas

Passos:

Limpe e esterilize cada frasco de vidro de 1L com álcool isopropílico ou vinagre.

Deixe o arroz de molho por 5 minutos ou ferva as batatas. Encha uma jarra de vidro com 600ml de água do amido e cubra com um pano de algodão e elástico. O pano de algodão permite a entrada e saída de oxigênio.

Coloque o frasco dentro de uma caixa. A caixa impede que os raios UV da luz solar matem as bactérias que crescem na água. Deixe descansar por dois dias.

Pegue a água de lavagem do arroz fermentado ou da batata e encha 100ml  de um novo frasco de vidro. Encha os 900ml restantes da jarra com leite. Cubra com um pano de algodão para permitir a troca de ar. Coloque em uma prateleira sem luz solar direta. Deixe descansar por 5-7 dias.

Leia Agora:  Biologia: Como Ocorre a Polinização?

Separe o líquido da coalhada. Este líquido é chamado Lactobacillus. Armazene o soro em frascos de vidro com as tampas apertadas. O adubo tem prazo de validade de 6 meses.

Dilua 1 colher de sopa de soro com 1 litro de água e aplique generosamente no solo e plantas. Aplique conforme necessário.

Essas foram algumas dicas que nós reunimos para quem deseja fazer seu próprio adubo em casa. Se você acha que nosso artigo pode ajudar outras pessoas, compartilhe nas redes sociais!