Veja 10 Passos para Ser Uma Pessoa Madura

Quando uma criança é muito jovem, ela não segue o que os pais dizem, mas segue o que eles fazem. Em outras palavras, uma pessoa imatura só está interessada em imitar os outros. Somente quando cresce, começa a pensar por conta própria.

Mas ainda assim, acabamos sendo imaturos até certo ponto, porque mesmo quando adultos, ainda tentamos apenas seguir o rebanho e viver como todo mundo.

Existem alguns valores e conceitos que são importantes para quem deseja aprender como ser uma pessoa madura, neste artigo vamos falar um pouco sobre isso.

O que é maturidade?

Pessoas maduras buscam compreensão, autenticidade e integridade, especialmente nos relacionamentos, mas também em outros aspectos da vida, incluindo a espiritualidade. Maturidade significa apreciar tanto a diversidade quanto a complexidade da vida.

Em contraste com as aventuras da alma jovem, há na maturidade um foco nas percepções, conceitos, questões, relacionamentos e significado da vida.

Enquanto as pessoas imaturas tendem a culpar qualquer um, exceto a si mesmos, por seus próprios problemas, as pessoas maduras procurarão prontamente suas próprias falhas.

E, embora as pessoas imaturas gostem de ter suas próprias opiniões e afirmá-las com toda certeza, as pessoas maduras são mais ambivalentes quando se trata de tomar partido em qualquer questão.

Características de pessoas imaturas

Se você deseja se tornar uma pessoa madura, precisa evitar certas atitudes. Veja abaixo uma lista com vários comportamentos presentes no cotidiano das pessoas infantis.

  • Sentem-se constantemente afetadas, não apreciadas e incompreendidas.
  • Adoram provar que estão sempre certas.
  • Não sabem o que realmente importa.
  • Amam os holofotes. Não sabem compartilhar.
  • Fazem birra quando não conseguirem o que querem.
  • Sempre pensam em formas de sair ganhando, com a exclusão de outros.
  • Precisam ser elogiados para se sentir bem.
  • Não sabem demonstrar compaixão.
  • Recusam-se a ouvir.
  • São sem foco e vivem sem direção.
  • Pessoas inconsistentes sob estresse e não sabem lidar com pressão.
  • Pisam nos outros.
  • Acreditam que o conforto e facilidade são sucesso.

Esses comportamentos devem ser evitados, pois não trazem benefício algum.

Como ser uma pessoa madura?

Chegar na maturidade pode ser um longo caminho, mas existem algumas atitudes que podem ajudar você:

  1. Faça uma autoavaliação
  2. Descubra seus pontos fracos
  3. Seja mais realista
  4. Tenha mais responsabilidade
  5. Defina onde quer chegar
  6. Pratique a integridade
  7. Tenha mais disciplina
  8. Seja menos egoísta
  9. Dedique-se a uma causa
  10. Tenha amigos mais velhos

Se você já passou algum tempo com uma criança ou adolescente, sabe como é a imaturidade emocional. Se a criança não conseguir o que quer, ela pode gritar, bater e cair no chão em um acesso de raiva e frustração.

As crianças têm poucos filtros, impedindo-as de expressar seu mundo interior da maneira mais dramática.

Os adolescentes têm mais filtros, mas ainda não possuem um córtex pré-frontal totalmente formado, a área do pensamento racional do cérebro. Os adolescentes estão à beira da idade adulta, mas sem um conjunto de ferramentas de julgamento à sua disposição.

Eles não podem cair no chão de forma infantil, mas podem gritar, bater portas, fazer beicinho ou usar táticas passivas de agressividade e manipulação para alcançar seus objetivos.

Somente aos 25 anos de idade, nosso cérebro está totalmente desenvolvido, e somos capazes de entender as consequências, usando o bom senso e praticando a maturidade emocional (também chamada de inteligência emocional).

Contudo, completar 25 anos não garante que alguém vai ser uma pessoa madura automaticamente. Com certeza você já viu muitas pessoas de 40 e 60 anos que se comportam como crianças. Talvez você tenha alguém assim em sua vida agora.

Por que um adulto, com um córtex pré-frontal totalmente formado, permaneceria preso a esses comportamentos e respostas infantis?

Pode ser consequência de um trauma, negligência ou instabilidade. Essas coisas durante a infância podem afetar a capacidade de amadurecer. Aqueles que sofreram trauma quando criança podem permanecer presos e parar de crescer emocionalmente.

Se os pais são emocionalmente imaturos, são maus exemplos para os filhos, que podem nunca aprender como ser uma pessoa madura.

Além disso, um adulto pode permanecer emocionalmente imaturo se não costuma assumir a responsabilidade por erros, falhas ou mau julgamento quando criança ou adolescente. Se a mãe ou o pai sempre intervieram para salvar o dia, uma criança nunca aprende a cuidar de si mesma.

Pais altamente indulgentes e que não implementaram consequências apropriadas geralmente criam filhos que não são capazes de assumir a responsabilidade por suas ações quando adultos (as famosas pessoas “mimadas“).

Eles não sabem lidar com os ​​conflitos e desafios da vida e recorrem às únicas respostas que entendem – aquelas que são infantis e imaturas. Mesmo que você não tenha sofrido trauma na infância ou tenha pais “super-protetores“, pode acabar tendo algum comportamento imaturo durante sua vida.

Todos nós temos respostas e comportamentos imaturos que podem ser desencadeados em determinadas situações ou dentro de nossos relacionamentos próximos. É importante sermos honestos com nossos comportamentos imaturos e trabalharmos para melhorá-los.

1. Faça uma autoavaliação

Comece observando áreas da sua vida em que você costuma ter dificuldades com a maturidade. Esse pode ser o passo mais difícil, pois a maioria de nós não gosta de reconhecer como podemos agir de maneira infantil.

Mas a conscientização é o primeiro passo para se tornar uma pessoa madura. Portanto, respire fundo e tente ser completamente honesto consigo mesmo.

Dê uma olhada na lista de comportamentos imaturos listados acima para ver se você se envolve constantemente em algum desses. Faça anotações sobre qualquer comportamento que você não goste em si mesmo ou que observe outras pessoas apontando em você com frequência.

2. Descubra seus pontos fracos

Pode haver certas situações ou pessoas que desencadeiam respostas imaturas suas. Talvez seja algo que seu cônjuge diga que a deixa na defensiva ou a maneira como sua mãe trata você.

Compreender o que desencadeia comportamentos imaturos vai te ajudar a mudar. Pense por que as situações ou pessoas desencadeiam respostas imaturas em você.

Isso lembra algum evento da sua infância? Você consegue uma resposta mais madura nessas situações?

Depois de ter uma ideia melhor do motivo pelo qual você foi acionado, pense em maneiras de responder de maneira diferente.

Você pode precisar do apoio de um psicólogo para lidar com feridas antigas que estejam impedindo que você altere suas reações e respostas.

3. Seja mais realista

É desconfortável lidar com os desafios, decepções e dificuldades que a vida nos apresenta. Uma pessoa emocionalmente imatura critica a realidade e tende a culpar o mundo por suas circunstâncias. Eles evitarão, negarão ou reclamarão sem tomar as medidas apropriadas.

Mas aprender como se tornar uma pessoa madura exige que aceitemos a realidade e trabalhemos com ela.

Em vez de lamentar nossa “má sorte“, lidamos com a situação em questão, gerenciando da melhor maneira que sabemos e, em seguida, podemos seguir em frente com o conhecimento de que fizemos o melhor possível.

4. Tenha mais responsabilidade

A responsabilidade é um músculo que você precisa exercitar repetidamente até que se torne rotina. Se você se permitir relaxar uma vez, as chances de você relaxar pela segunda e terceira vez são extremamente altas.

Ser responsável  é uma característica comum encontrada nas pessoas maduras, pois elas geralmente pensam antes de agir e se concentram no bem maior de forma consistente.

As características de uma pessoa responsável são:

  1. Chegar sempre no horário
  2. Não culpar os outros e inventar desculpas
  3. Possuir expectativas realistas
  4. Cumprir promessas
  5. Não procrastinar
  6. Aprender com os erros

Além disso, pessoas responsáveis ​​tentam simplificar as coisas e manter um bom relacionamento com os outros.

5. Defina onde quer chegar

Quem você quer ser nesta vida? Que tipo de amigo, irmão, colega de trabalho, filho e vizinho você quer ser?

Você não pode se tornar emocionalmente maduro até definir o que isso significa para você. Pegue caneta e papel e escreva exatamente o que deseja de si mesmo em seus relacionamentos e em várias situações da vida (o positivo e o negativo).

Talvez você não consiga atingir seu ideal o tempo todo (afinal somos humanos!), mas agora você tem um ideal a aspirar. Quando você se perder, perdoe-se rapidamente. Ofereça perdão a outras pessoas, se necessário. Então siga em frente.

6. Pratique a integridade

Parte da criação do seu eu ideal é saber o que a integridade significa para você. A vida é cheia de mensagens contraditórias e visões conflitantes do certo e do errado, do bem e do mal.

Você pode ter adotado o sistema de valores de seus pais ou de seus colegas.

Muitas vezes, só conhecemos nossa integridade no momento em que nos deparamos com uma situação que exige uma resposta específica.

Em vez de esperar esse momento para refletir sobre a integridade, seja proativo em determinar com antecedência quais são seus princípios éticos e morais. Assim, você estará pronto para responder com autenticidade quando surgir a ocasião.

7. Tenha mais disciplina

Uma parte importante da maturidade emocional é a atitude, fazer o que você diz e ser uma pessoa confiável.

Realizar atividades difíceis ou chatas requer algum nível de disciplina. Autodisciplina é algo que você pode desenvolver com a prática.

Comece desafiando a si mesmo a fazer uma ou duas pequenas coisas todos os dias que você sabe que precisa realizar, mas que não deseja.

À medida que você supera esses desafios, as ações ficam mais fáceis porque você está desenvolvendo um hábito que não exige muito esforço mental.

8. Seja menos egoísta

A maturidade emocional muitas vezes desaparece em nossos relacionamentos íntimos.

Somos mais propensos a perder o ânimo, dizer coisas desagradáveis ​​e agir de maneira infantil com as pessoas que mais amamos. Isto é particularmente verdade com nossos cônjuges ou parceiros íntimos.

Pessoas emocionalmente imaturas tendem a priorizar o “eu” em vez do “nós” em seus relacionamentos.

Elas querem vencer todos os argumentos e garantir que suas próprias necessidades sejam atendidas, mesmo que isso cause desconexão e perda de intimidade como casal.

Para um relacionamento prosperar, você deve colocar a saúde do relacionamento acima de suas próprias frustrações, desejos e necessidades.

Você deve aprender a se comunicar de uma maneira que não comprometa a força do relacionamento e encontre maneiras de ser cooperativo e não competitivo.

Você precisa praticar compaixão, perdão e compreensão e buscar uma solução durante o conflito

9. Dedique-se á uma causa

Uma grande parte da maturidade emocional está operando no mundo com o espírito de compaixão, bondade, amor e serviço.

Quanto menos você se concentrar em seus próprios problemas, reclamações e desafios, mais paz e felicidade internas você experimentará na vida.

Encontre algo que permita que você se concentre menos em si mesmo e mais em servir, esclarecer, ajudar, dar e contribuir de alguma maneira.

Você não precisa salvar o mundo – basta encontrar algo pelo qual se apaixone que permita deixar algum tipo de legado.

Parte da maturidade é reconhecer que você não vai se tornar outra pessoa. Você continua a mesma pessoa, mas possui um controle maior.

Quem se dedica a melhorar como pessoa, desperta cada vez mais as boas qualidades e abandona os velhos hábitos que trazem infelicidades durante a vida.

10. Tenha amigos mais velhos

Se você deseja aprender como ser uma pessoa madura precisa andar com pessoas maduras. Além de ter a chance de entender melhor sobre a maturidade, você aprenderá a ver os acontecimentos por uma perspectiva diferente.

As pessoas mais velhas já passaram por diversas situações na vida e são capazes de gerenciar melhor suas emoções.

Os amigos mais velhos podem beneficiar as pessoas mais jovens, mas precisamos mencionar que os benefícios fluem nos dois sentidos. Gerações mais jovens trazem vitalidade, energia e uma nova perspectiva para os que possuem mais idade.

Como saber se sou uma pessoa madura?

  • Você não preocupa sua mãe com seus problemas.
  • Você não tenta agradar a todos na sua vida.
  • Você não discute com seus pais para que eles comprem algo novo para você.
  • Você não usa redes sociais com frequência.
  • Você não encontra graça em zombar da personalidade ou aparência de alguém.
  • Você não acha que uma festa é a única maneira de se divertir.
  • Você não busca se vingar de todos que foram rudes com você.
  • Você planeja maneiras de dizer aos familiares ou amigos como são especiais para você.
  • Você não tem uma independência limitada por seus pais.
  • Você não fica chateado quando comete um erro.
  • Você não comenta em todas as fotos dos seus amigos como maneira de querer aprovação.
  • Você entende o valor e a importância do dinheiro.
  • Você para de julgar as pessoas pela aparência.
  • Você aprende a ouvir pacientemente os outros.
  • Você sabe desistir do ego em sua vida.
  • Você não relaciona sua felicidade com coisas materiais.
  • Você  procura formas de se tornar uma pessoa melhor.