COMPARTILHE O ARTIGO

O pé de atleta ou frieira, é uma infecção causada por fungo, que afeta os pés, na maioria das vezes ocorre na área entre os dedos e nas solas dos pés. Veja nesse tutorial como acabar com a frieira em 3 dias usando métodos simples.

O próprio nome indica que este é um problema médico mais frequente em atletas, mas como quase todas as pessoas são expostas a locais úmidos e molhados podem desenvolver essas infecções fúngicas.

Estima-se que em 98% dos casos a frieira se desenvolva por causa de fungos e em 2% dos casos é causada ​​por cândida ou outras bactérias. No entanto, seja qual for a causa, aqueles que sofrem de frieira devem encontrar uma maneira de acabar com ela rapidamente, porque os sintomas costumam ser muito desconfortáveis e podem prejudicar seus pés.



Dicas para acabar com a frieira

Se não for tratada, a frieira pode resultar em infecção bacteriana se a pele estiver ferida. Isso pode acontecer devido a coceiras ou quando as bolhas estouram. Qualquer tipo de infecção pode ser bastante grave e requer tratamento o mais rápido possível.

A frieira também é muito contagiosa. Ela pode se espalhar facilmente para as mãos, principalmente se você estiver coçando com muita frequência a área afetada. Esse fungo também pode infectar a área sob as unhas, que pode ser mais difícil de tratar, ou a região da virilha.

Para acabar com a frieira em 3 dias:

  • Mantenha os pés secos, principalmente entre os dedos dos pés.  Seque entre os dedos após o banho.
  • Troque as meias regularmente. Se seus pés ficarem muito suados, troque as meias duas vezes por dia.
  • Use sapatos leves e bem ventilados. Evite sapatos feitos de material sintético, como vinil ou borracha.
  • Tente não coçar. Você pode tentar acalmar a coceira mergulhando os pés em água fria.
  • Pares de sapatos alternativos. Não use o mesmo par todos os dias para dar tempo de seus sapatos secarem após cada uso.
  • Trate seus pés. Siga um dos tratamentos caseiros abaixo.

O que passar em frieira no pé?

Existem alguns remédios naturais para frieiras que você pode usar. Esses remédios naturais para combater a frieira são eficientes para reduzir os sintomas e o desconforto.

Acabar com a frieira em 3 dias não é fácil, pois requer persistência e paciência durante o processo de eliminação completa e cicatrização do pé. No entanto, se você começar mais cedo com os métodos de tratamento, vai se livrar do problema mais rápido.

Peróxido de hidrogênio

Se você tem feridas abertas, isso pode ser doloroso, mas o peróxido de hidrogênio (também conhecido como água oxigenada) pode matar o fungo na superfície da pele. Apenas despeje a água oxigenada na frieira duas vezes ao dia.

Talco

Uma das razões pelas quais a frieira se espalha é por causa da umidade. Pós como talco ajudam a manter os dedos dos pés secos e limpos, o que dificulta a propagação do fungo. Se você é alguém que sofre de frieira, junte os pés e passe talco antes de calçar as meias.

Alho

Isso pode parecer totalmente estranho, mas o alho pode realmente ser usado para combater a frieira. Apenas esmague alguns dentes de alho formando uma pasta e esfregue na área afetada duas vezes ao dia. Pode parecer ruim no momento, mas o alho tem propriedades antibacterianas e antifúngicas que podem ajudar a combater o fungo.

Canela

Prepare um chá de canela com 6 raminhos de canela e 6 xícaras de água. Depois de ferver, deixe o líquido esfriar um pouco, coloque-o em uma tigela e deixe os pés de molho por 20 minutos. Em seguida, seque bem os pés. Repita o processo todos os dias e não reutilize o chá.

Babosa

Os efeitos benéficos desta planta são ideais para a eliminação de sintomas desagradáveis ​​da frieira e, ao mesmo tempo, protegem e regeneram o tecido do pé. Usar a babosa para frieira: Esprema o gel de uma folha e aplique-o na área afetada, 2 vezes ao dia.

Vicks VapoRub

O Vicks VapoRub não só pode reduzir os sintomas de uma tosse forte, como também ajuda a acabar com a frieira. Isso acontece porque ele é composto de óleo de eucalipto e mentol, ambos possuem propriedades antifúngicas.

Passe Vicks na área afetada todas as noites, massageando o pé. Faça isso todas as noites por pelo menos um mês ou até uma semana após o desaparecimento da infecção.

Lave as mãos antes e depois de aplicar o tratamento. Isso pode ajudar a impedir que o pé desenvolva uma infecção bacteriana e impedir que a infecção por fungos se espalhe para outras partes do corpo. Se os sintomas persistirem, procure um dermatologista.

Dicas de prevenção

Pessoas que expões seus pés em locais úmidos e quentes, têm o risco de desenvolver frieira. Tratar a frieira não é fácil, por isso é melhor tomar medidas adequadas para evitar esse problema de saúde.

  • Não coçar o local afetado
  • Use sapatos adequados
  • Não empreste seus sapatos e meias
  • Não ande descalço em lugares molhados
  • Sempre seque bem os pés

Não coçar o local afetado

Isso pode espalhar a frieira para outras partes do seu corpo.

Use sapatos adequados

É melhor usar um sapato que permita que seus pés “respirem”. Isso evita umidade e calor adicionais, que representam um habitat ideal para o fungo. Não use o mesmo par de sapatos por mais de 2 dias seguidos.

Leia Agora:  Tipos de Sangue Mais Raros do Mundo

Não empreste seus sapatos e meias

Embora confie em alguém próximo a você, não empreste seus sapatos, meias e pertences pessoais, porque podem transmitir os fungos.

Não ande descalço em lugares molhados

Algumas pessoas não têm problemas para andar descalças em locais úmidos, como piscinas, vestiários e banheiros públicos, e é nesses locais que podem ser infectados. Nesse caso, é melhor usar sempre chinelos que serão desinfetados quando chegar em casa.

Sempre seque bem os pés

As unhas e a área entre os dedos dos pés, são lugares que retém muita umidade, quando os pés não estão secos. Antes de calçar as meias e os sapatos, seque completamente os pés.

Embora não exista uma fórmula exata para acabar com a frieira em 3 dias, você pode seguir as dicas acima para aliviar os sintomas e aguardar até que elas desapareçam.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *